DIVULGAÇÃO:

  • A livraria do Círculo estará brevemente disponível no endereço circulodograal.com

  • Visite a livraria e consulte a gama de livros disponível por categorias

  • Se necessitar de ajuda, entre em contacto pelo endereço: loja@circulodograal.com

  • Mensagem do Graal
    Mensagem do Graal

     

    Na Luz da Verdade

    Mensagem do Graal

    Autor: Abdruschin

    Livraria do Círculo

  • Os Dez Mandamentos
    Os Dez Mandamentos

     

    Os Dez Mandamentos

    e o Pai-Nosso

     Autor: Abdruschin

    Livraria do Círculo

  • O Filho do Homem
    O Filho do Homem

     

    O Filho do Homem na Terra

    Autor: Roberto C. P. Junior

    Livraria do Círculo

  • Jesus
    Jesus

      

     

    Jesus ensina as leis da Criação

    Autor: Roberto C. P. Junior

    Livraria do Círculo

  • O nascimento da Terra
    O nascimento da Terra

     

    O nascimento da Terra

    Autora: Roselis Von Sass

    Livraria do Círculo

  • Atlântida
    Atlântida

     

    Atlântida

    Princípio e fim da grande tragédia

    Autora: Roselis Von Sass

    Livraria do Círculo

  • Moisés
    Moisés

     

     

    A vida de Moisés

    Autor: Coleção O Mundo do Graal

    Livraria do Círculo

  • Buda
    Buda

     

     

    Buda

    Autor: Coleção O Mundo do Graal

    Livraria do Círculo

REFLEXÃO

Credo

Não vos apegueis exclusivamente a um credo em particular, de tal modo que não acrediteis em tudo o resto; de outro modo, perdereis muita coisa boa, ou, mais do que isso, não conseguireis reconhecer a verdade real da questão. Deus, o omnipresente e omnipotente, não é limitado por nenhum credo único.

Ibn al Arabi

filósofo

 

Reflexão sobre o Amor

 

A posse destrói sempre o amor! A paixão, o amor, são coisas que, quando existem, é difícil que existam. Quando você me diz: «Gosto muito de quintas», eu posso perguntar-lhe de imediato: «Tem alguma?» E você responde-me: «Tenho uma!» Então eu desconfio de que isso não tem nada a ver com amor… É simplesmente o lucro, é a comodidade, qualquer coisa do género… Se, por outro lado, você me diz: «Não tenho nenhuma quinta, nem quero!», então aí já eu penso: «Este sabe o que é amar.» Como vê, são dois verbos distintos, o verbo «amar» e o verbo «ter»; a posse destrói sempre o amor.

Ω

Amar alguém ou alguma coisa é primacialmente instalá-lo num clima de plena liberdade, com todos os riscos que a liberdade comporta; desejar é limitar na liberdade; a nós e aos outros.

Ω

Cede ao amor e deixa que os outros lhe chamem vontade.

Ω 

Amar é querer que seja nós e outrem o máximo de nós.

Ω

Apaixonar-se é passivo; amar, ativo; o perfeito está no que não é nem isto nem aquilo.

Ω

Que não haja restrição a amor algum; mas que o amor restrinja.

Ω

Exige-se, para o perfeito amor, que o amado ame o amante; que este ame, em si próprio, o amante que ama o amado e que o amado ama, o mesmo tendo de haver no correspondente. Que os amantes amem nos amados os amantes que a eles amam. Ou, mais simples: que o amor se ame.

Ω 

Quem fala de amor não ama verdadeiramente: talvez deseje, talvez possua, talvez esteja realizado numa ótima obra literária, mas realmente não ama; só a conquista do vulgar é pelo vulgar apregoado aos quatro ventos; quando se ama, em silêncio se ama.

Ω

A paixão é, de facto, passiva; na paixão há um domínio do amado sobre o amante. Ter a paixão da física significa que somos inferiores à física. Ter o amor da física significa que somos nós a criar a física. Apaixona-se o fraco, o forte cria. Quando se ama, inventa-se inteiro o objeto amado, e daí o espanto de muitas das mulheres que homens grandes amaram; porque me escolheu ele, porque reparou em mim, porque me quis tanto?

Ω

Ame sem poder e verá o que lhe acontece; verá como a vida se vinga; o melhor o melhor que lhe poderá suceder é casar. Mas isso é um mal elementar.

Ω

Não é amar as raparigas tratá-las como seres que não entendem senão as suas lisonjas e as suas anedotas; só as amará e só elas o poderão amar a você, para além das enganadoras aparências, quando a sua alma se lhes abrir, e com todos os seus problemas, todas as suas angústias, toda a sua seriedade, toda a sua gravidade humana.

Ω

 

Poema

Amor a cada dia que nos surge

Só amando o teremos merecido

Recusando morrer a cada dia

Que sempre o maior bem é ter nascido

Muito acima da razão

O mundo coeso e vário

Só amor descobre o uno

No par que em si é contrário

 

 

Agostinho da Silva

________________________________________________________________________________________________________

LIVROS

  • NA_LUZ_VERDADE_COLECAO2.png
  • ATLANTIDA.jpg
  • nina_dompi.jpg
  • DEZ.gif
  • NTERRA.gif
  • AFRICA.gif
  • ZOROASTER.gif
  • ESPIANDO.jpg
  • mensagem.gif
  • BUDDHA.gif
  • JESUS.gif
  • MADALENA.gif
  • APOSTOLOS.gif
  • MOISES.gif
  • ODSA.jpg
  • BABILONIA.gif
  • ALICERCES.gif
  • PIRAMIDE.gif
  • lao.gif
  • FILHOHOMEM.jpg

NOTÍCIA

Passar tempo com a família...

Passar tempo com a família e felicidade dos filhos são as preocupações dos portugueses nas férias. Este verão, mais de 78% dos pais portugueses planeia tirar férias em família, sendo que 73,1% vão privilegiar Portugal como destino de descanso. A HomeAway, líder mundial no arrendamento de alojamentos para férias, em parceria com o Institut des Mamans, especializado na investigação sobre a Família, acaba de revelar os resultados de um estudo sobre o comportamento dos pais portugueses no planeamento das férias do verão 2017.

leia esta e outras notícias em lifestyle...

NOVO ARTIGO

A cultura da cobiça

A cultura da cobiça pelo poder tem estado presente ao longo da história da humanidade, mas foi após a invenção do dinheiro que ela adquiriu contornos desesperadores. Os países que são geridos desatentamente, com população indolente, mais cedo ou mais tarde acabam caindo nas garras dos oportunistas que vivem de tirar proveito das fraquezas alheias para ampliar seu poder e influência. O desequilibro é a nota dominante da economia global. Quem pode esperneia, outros se corrompem por dinheiro e se acomodam, permitindo que a decadência não tarde.

Ler mais...