• abdrphotocat.jpg
  • ansphotocat.jpg
  • berphotocat.jpg
  • jesusphotocat.jpg
  • matphotocat.jpg
  • pesphotocat.jpg
  • rosphotocat.jpg

 

Leia, ouça, veja, mas, sobretudo, pense!

Se grandes invenções ou descobertas, como o fogo, a roda ou a alavanca, se fizeram antes que o homem fosse, historicamente, capaz de escrever, também se põe como fora de dúvida que mais rapidamente se avançou quando foi possível fixar inteligência em escrita, quando o saber se pôde transmitir com maior fidelidade do que oralmente, quando biblioteca, em qualquer forma, foi testamento do passado e base de arranque para o futuro. Escrevendo ou lendo nos unimos para além do tempo e do espaço, e os limitados braços se põem a abraçar o mundo; a riqueza de outros nos enriquece a nós. Leia!

Agostinho da Silva

 

 ________________________________________________________________________________________________________

 

Capotira

Lisboa, 27 de Novembro de 1807. A alva principia a romper a fina camada de névoa que encobre a

floresta de mastros, cujos tantos navios, ancorados ao largo da ribeira das Naus, ocultam inteiramente

a outra margem do Tejo, o qual segue placidamente para os braços do oceano, imperturbável diante

do alvoroço dos últimos dias. A metrópole vive uma convulsão. Já há dias o povo descobrira que a

família real, a corte, a nobreza, as altas patentes e outros notáveis da sociedade se preparavam para

viajar ao Brasil...

Roberto C. P. Junior

 ________________________________________________________________________________________________________ 

 

Conversando com o homem sábio

Como compreender o mundo em que vivemos e os grandes enigmas da vida? Há em nosso íntimo

um permanente anseio para uma vida feliz, mas, ao mesmo tempo, somos forçados a conviver com

muitas misérias e sofrimentos. As novas gerações sentem uma enorme insegurança diante desse

conflito. A ciência nos diz que há 5 bilhões de anos atrás nascia o planeta Terra. Mas como? Por quê?   

Benedicto I. C. Dutra

________________________________________________________________________________________________________

 

O Calendário de pedra da grande pirâmide do Egipto

Baseado em pesquisas científicas e em evidências arqueológicas Virtaa revela que a grande pirâmide 

é de facto um papiro em pedra, que descreve os principais eventos que se aproximam sobre a

humanidade. O autor a partir de fontes como o livro Na Luz da Verdade de Abdruschin e a sabedoria

intuitiva da escritora austro-brasileira Roselis Von Sass traz para o leitor o desvendamento do milenar  

enigma da Esfinge.

Aikao Virtaa

 ________________________________________________________________________________________________________ 

 

Levantar o Céu

É bom acreditar que merece a pena  «levantar o céu», e lembrarmo-nos de que não estamos sozinhos.

Felizmente há muitas mulheres e homens neste mundo a tentar unir esforços para manter o contacto

entre o Céu e a Terra. É esse o caminho que a sabedoria ensina a percorrer para encontrar a saída do

labirinto em que a vida nos coloca.

José Mattoso

 ________________________________________________________________________________________________________ 

Escrever é esquecer.

A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e o representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida -umas porque usam de formas visíveis e, portanto, vitais, outras porque vivem da mesma vida humana. Não é o caso da literatura. Essa simula a vida. Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso.

Fernando Pessoa