DIVULGAÇÃO:

  • A livraria do Círculo estará brevemente disponível no endereço circulodograal.com

  • Visite a livraria e consulte a gama de livros disponível por categorias

  • Se necessitar de ajuda, entre em contacto pelo endereço: loja@circulodograal.com

  • Mensagem do Graal
    Mensagem do Graal

     

    Na Luz da Verdade

    Mensagem do Graal

    Autor: Abdruschin

    Livraria do Círculo

  • Os Dez Mandamentos
    Os Dez Mandamentos

     

    Os Dez Mandamentos

    e o Pai-Nosso

     Autor: Abdruschin

    Livraria do Círculo

  • O Filho do Homem
    O Filho do Homem

     

    O Filho do Homem na Terra

    Autor: Roberto C. P. Junior

    Livraria do Círculo

  • Jesus
    Jesus

      

     

    Jesus ensina as leis da Criação

    Autor: Roberto C. P. Junior

    Livraria do Círculo

  • O nascimento da Terra
    O nascimento da Terra

     

    O nascimento da Terra

    Autora: Roselis Von Sass

    Livraria do Círculo

  • Atlântida
    Atlântida

     

    Atlântida

    Princípio e fim da grande tragédia

    Autora: Roselis Von Sass

    Livraria do Círculo

  • Moisés
    Moisés

     

     

    A vida de Moisés

    Autor: Coleção O Mundo do Graal

    Livraria do Círculo

  • Buda
    Buda

     

     

    Buda

    Autor: Coleção O Mundo do Graal

    Livraria do Círculo

REFLEXÃO

Credo

Não vos apegueis exclusivamente a um credo em particular, de tal modo que não acrediteis em tudo o resto; de outro modo, perdereis muita coisa boa, ou, mais do que isso, não conseguireis reconhecer a verdade real da questão. Deus, o omnipresente e omnipotente, não é limitado por nenhum credo único.

Ibn al Arabi

filósofo

Artigos de opinião

Direito de opinião neste Espaço

O autor pode publicar artigos de sua autoria e responsabilidade, reservando-se o administrador do sítio a gestão dos mesmos e o direito de os publicar em função da idoneidade, sentido da palavra e conteúdo. Não existe orientação ou delapidação da opinião de cada um, liberdade que partilhamos, mas assiste ao administrador o mesmo caminho e a manutenção dos artigos em função da filosofia do Espaço.

Se desejar participar envie os seus artigos para o nosso contacto - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Agradecemos e desejamos a vossa participação.

O Círculo

 

 

O Natal não é apenas um feriado que muitas pessoas aproveitam para se divertir com comidas, bebidas e presentes. Também não é uma festa dedicada ao Sol, e ao seu regente enteal Apolo. É um dia de festa, mas por quê? Para que? Qual é o real significado do Natal? Para dar uma resposta espiritualizada tomemos a explicação de Roselis von Sass no Livro do Juízo Final.

Quanto atraso ainda existe no país outrora dito abençoado. Com a lei Áurea promulgada no ano de 1888, os produtores de café se incompatibilizaram com o Império. Veio a República que não se preocupou com a integração da população libertada, nem ofereceu escola. Em decorrência, teve início o movimento de favelização do Rio de Janeiro. De lá para cá os governantes pouco se esforçaram para forjar um país independente com população bem preparada para a vida.

Tudo na vida requer movimentação para não estagnar e adoecer. Grande parte dos seres humanos pensa que a vida tem como prioridade exclusiva ganhar dinheiro para atingir os objetivos terrenos, tais como aquisições, consumo e lazer, o que espelha a forma de agir na atualidade, vazia de sentido sem a participação do espírito, e sem propósitos elevados. A motivação mais forte é o atendimento das necessidades básicas.

A cultura do século 21 criada pelo raciocínio, com primazia nas finanças, ficou associada ao consumismo e à busca do prazer imediato, mas está faltando uma visão transcendentalista do futuro da humanidade. Com o passar do tempo, essa cultura vai acarretando saturação mental e emocional, pois o ser humano anseia naturalmente por algo mais que o mundo material pode oferecer. É a falta da espiritualidade, pressentida de forma consciente ou não, que gera a sensação de que algo está faltando na vida vazia de sentido elevado.

Os anos da mocidade passam. Os filhos crescem e saem da casa dos pais para experimentarem a própria vida. Muitas pessoas ficam sem saber o que fazer com o tempo que têm pela frente. Mas trata-se de uma boa época para redespertar o inato impulso para o desenvolvimento espiritual, e perceber que a vida é um processo contínuo unificado. Aquém e além são uma coisa só, por isso todos precisam seguir a lei do movimento, sem decair no desânimo e buscar permanentemente a construção benéfica, de si mesmo e do seu ambiente através dos pensamentos, palavras e ações.