• circulodograal.com       *       circulodograal.com/loja

  • Av Dr Bernardino da Silva 15, 3º esqº  8700-301 Olhão    *    Portugal

  • circulodograal@sapo.pt       *       963 709 989

  • abdrphotocat.jpg
  • ansphotocat.jpg
  • berphotocat.jpg
  • jesusphotocat.jpg
  • matphotocat.jpg
  • pesphotocat.jpg
  • rosphotocat.jpg

OS APÓSTOLOS DE JESUS

de

       Coleção do Graal

 

         Preço: 11,00 €

             disponível

       encomendas para

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

[…] Na casa de um alto dignitário, Paulo conheceu um homem cujos traços fisionómicos o atraiam cada vez mais. Ele mesmo não podia achar explicação para o facto. O rosto era de um formato fino e nobre. Grandes olhos cinzentos olhavam perscrutando em torno de si. Esse homem chamava-se Mário, e, certo dia, acercou-se de Paulo, desejando saber mais sobre Jesus, do que o apóstolo por enquanto queria revelar naquela casa. Então Paulo convidou-o para visitá-lo em casa de Rufo. Mário concordou. Alguns dias depois, esse romano entrava no aposento de Paulo, onde justamente Pedro se encontrava. Com uma exclamação a meia voz, o discípulo levantou-se de um salto, fitando o homem que acabara de entrar.

- Senhor, quem és? Surpreso, o visitante respondeu: - Sou Mário, um comandante do exército romano, como também fora meu pai, antes de mim. - Desculpa, balbuciou Pedro ainda todo confuso. A semelhança é tão grande, já que assim seria o aspeto de Jesus, se tivesse alcançado a tua idade. Agora Paulo compreendia o que o atraíra tanto no rosto desse homem. Mário alegrou-se visivelmente de tal semelhança, desejando ouvir então detalhadamente sobre Jesus. Pedro, ao contrário de seu costume, nada falava, apenas continuava a olhar, calado, para aqueles traços tão familiares a ele. Como seria possível uma semelhança dessas? Paulo, porém, falava com especial ternura, e o seu ouvinte cada vez mais se abria. - Como os deuses, não, mas sim, como Deus quer o meu bem! Exclamou várias vezes. É por isso que agora me é permitido ouvir o que já procurei em toda a minha vida. Meu pai muitas vezes me falou sobre o Deus dos judeus. Quando jovem, ele esteve um tempo na Palestina, por ordem de Roma, e ali deve ter vivenciado algo grave. Como recordação, daquela estada, recebi o nome de Mário, finalizou quase acanhado. - Como se chamava teu pai? Perguntou Pedro. O nome talvez pudesse esclarecer esse caso incompreensível. - Kreolus! Respondeu Mário. Ele era comandante de exército e morreu, faz alguns anos, numa rebelião nas fronteiras ao norte do nosso império. Minha mãe seguiu-o poucos meses depois, e desde então estou sozinho. - Kreolus? Repetiu Pedro pensativamente e um tanto dececionado. O nome nada significava para ele. […]

 

O livro está disponível na Livraria do Círculo

 

LIVROS

  • JESUSENSINA.gif
  • BUDDHA.gif
  • ASPECTOS.gif
  • mensagem.gif
  • REFLEXOES.gif
  • BABILONIA.gif
  • ZOROASTER.gif
  • ATLANTIDA.jpg
  • JESUS.gif
  • DEZ.gif
  • MOISES.gif
  • NA_LUZ_VERDADE_COLECAO2.png
  • CASSANDRA.jpg
  • MADALENA.gif
  • JUIZO.jpg
  • lao.gif
  • nina_dompi.jpg
  • ODSA.jpg
  • PRIMEIROS.png
  • ESPIANDO.jpg